Domingo, 24 de Junho de 2018

Arion e Sauer integram comitiva que vai a Brasília lutar pela duplicação da BR-163

Reunião com ministro dos Transportes está marcada para hoje (14), às 17h00

Marechal Cândido Rondon

| 14/03/2017 | 10:14 | Assessoria
Arion e Sauer integram comitiva que vai a Brasília lutar pela duplicação da BR-163 | Marechal Cândido Rondon
Arion Nasihgil e Vanderlei Sauer | Foto: Cristiano Viteck

Uma comitiva formada por lideranças políticas e empresariais da região Oeste do Paraná tem compromisso hoje (14), em Brasília, o qual pode selar o futuro duplicação da BR-163, no trecho entre Marechal Cândido Rondon, Quatro Pontes e Toledo. Por falta de pagamentos por parte do governo federal, a empreiteira responsável pode paralisar as obras, que já estão em ritmo lento.

É para evitar que isso aconteça que foi marcada para as 17h00 desta terça-feira reunião com Maurício Quintella Lessa, ministro dos Transportes, Portos e Viação Civil.

O Poder Legislativo rondonense estará representado na reunião pelos vereadores Arion Nasihgil e Vanderlei Sauer. Eles acompanham o prefeito Marcio Rauber, os deputados estaduais Ademir Bier e Elio Rusch, e o presidente e vice-presidente da Acimacar, Paulo Rodrigo Coppetti e Gerson Froehner, que são os representantes de Marechal Cândido Rondon no encontro. Juntos com demais lideranças, todos irão argumentar sobre a necessidade de continuidade da obra e da importância estratégica que a BR-163 tem para a região e para o Brasil.

Se nada mudar, a paralisação será consequência da falta de dinheiro, garantiu na última quinta-feira (09), em reunião na Associação Comercial e Empresarial de Cascavel (Acic), o superintendente do Dnit no Paraná, José da Silva Tiago. De acordo com ele, a bancada federal do Paraná, ao contrário do que fez em 2015, no ano de 2016 não destinou recursos de emenda à duplicação no Orçamento da União. Assim, sem previsão de liberação de verbas não há outro caminho senão a paralisação, lamentou Tiago.

O superintendente, por conta própria, encontrou caminhos para viabilizar R$ 19 milhões para 2017. Mas a projeção para os trabalhos em andamento, para todo o ano, é de R$ 60 milhões. O trecho de duplicação entre Toledo e Marechal Cândido Rondon tem 38,9 quilômetros e está orçado em R$ 306,5 milhões.

MAIS NOTÍCIAS DA CÂMARA
20/06/2018 às 13:28
Servidores irão repôr horários durante o mês de julho
19/06/2018 às 14:50
Projeto de lei recebei 9 votos a favor e 3 contrários
19/06/2018 às 13:32
Espaço deve ser melhorado para uso da comunidade
19/06/2018 às 13:17
FME terá como meta a captação e aplicação de recursos
19/06/2018 às 13:04
Ele pede providências por parte do DER
19/06/2018 às 12:41
Aparelho requisitado é de ventilação mecânica
19/06/2018 às 12:31
Entre os pedidos está o calçamento em torno da escola
19/06/2018 às 12:13
Equipamentos podem ser usados em emergências
19/06/2018 às 11:50
Período requerido é de janeiro de 2017 até agora
19/06/2018 às 11:41
Elas têm causado prejuízos em propriedades rurais