Terça-Feira, 23 de Outubro de 2018

Arion quer explicação sobre cortes não programados no fornecimento de água

Comerciantes e moradores da área central queixam-se de problemas nos últimos dias

Marechal Cândido Rondon

| 20/06/2017 | 19:30 | Assessoria
Arion quer explicação sobre cortes não programados no fornecimento de água | Marechal Cândido Rondon
Arion Nasihgil | Foto: Cristiano Viteck

O vereador Arion Nasihgil apresentou, na sessão de ontem (19), requerimento com pedido de informações ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), sobre as denúncias de desligamentos não programados no fornecimento de água na região central de Marechal Cândido Rondon, ocorridos nos últimos dias. “Esta solicitação atende aos anseios de inúmeros rondonenses, especialmente comerciantes, que têm buscado este vereador para denunciar e questionar estes casos”, explica Arion.

Conforme relatos, afirma o vereador, houve falta de água em diversos dias das últimas duas semanas. Especialmente no dia 09, no período da tarde, foi interrompido o fornecimento de água por diversas horas, sem que qualquer aviso prévio fosse emitido.

O vereador questiona o Saae, que deve encaminhar respostas à Câmara de Vereadores para as seguintes questões: se estão havendo cortes não programados na rede de água e, em caso positivo, por qual motivo; se a autarquia recebeu reclamações por corte no fornecimento de água desde o início de junho de 2017 até a data da resposta; se há previsão de novos cortes; se há algum corte programado e já informado à sociedade para os próximos dias; e se o Saae apurou os prejuízos causados à população em razão dos cortes não programados.

Outro pedido de informações está manifestado também em requerimento, este referente ao funcionamento da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Botafogo, especialmente em relação ao atendimento de odontologia e na Sala de Vacinas.

Arion solicita ao Executivo Municipal que informe: se no local há atendimento odontológico e, em caso negativo, qual a justificativa; onde foi instalada a cadeira odontológica adquirida para esta UBS em 2016; e qual o prazo máximo para o início dos atendimentos odontológicos.

Sobre a Sala de Vacinas, o vereador requer que seja respondido: qual a atual situação da mesma; se a tinta aplicada na pintura da sala é a referenciada no projeto do Governo Federal; em caso positivo, qual a justificativa para ainda não estar em funcionamento e, em caso negativo, por que ainda não foram realizadas as adequações; e qual o prazo máximo para o início das vacinações na referida UBS.

Por fim, em um terceiro requerimento Arion solicita ao Poder Executivo que envie à Câmara a lista detalhada das entidades beneficentes e organizações não-governamentais (ONGs) devidamente legalizadas e habilitadas em atuação em Marechal Cândido Rondon.

MAIS NOTÍCIAS DA CÂMARA
19/10/2018 às 09:03
Salas estariam com mais alunos do que é permitido
10/10/2018 às 09:46
Concessões serão definidas por processo licitatório
09/10/2018 às 13:18
Motoristas trafegam em alta velocidade no local
09/10/2018 às 13:00
Vias têm buracos que dificultam o trânsito
09/10/2018 às 12:48
Ele questiona se lista de beneficiados já está definida
09/10/2018 às 12:37
Local é utilizado por crianças e adultos do distrito
09/10/2018 às 12:27
Indicação é dos vereadores Adelar, Backes e Claudinho
09/10/2018 às 11:59
Instalações elétricas não suportam os aparelhos
09/10/2018 às 11:45
Objetivo é contemplar a Avenida Rio Grande do Sul
09/10/2018 às 11:26
Buracos aumentam riscos de acidentes naquela região
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL