Domingo, 22 de Abril de 2018

Pedralli quer agilidade na elaboração do Plano Municipal de Arborização

Vereador também propõe redução da taxa de iluminação pública em Marechal Rondon

Marechal Cândido Rondon

| 14/02/2017 | 12:41 | Assessoria
Pedralli quer agilidade na elaboração do Plano Municipal de Arborização | Marechal Cândido Rondon
Josoé Pedralli | Foto: Cristiano Viteck

O vereador Josoé Pedralli voltou a cobrar o governo rondonense para que elabore com brevidade o Plano Municipal de Arborização, para que o mesmo possa ser discutido com a comunidade e, então, apreciado e votado pelo Poder Legislativo. O pedido consta em requerimento do vereador, apresentado na sessão da Câmara nesta segunda-feira (13).

Pedralli lembra que o mesmo pedido já havia sido feito por ele em 2014 e 2016, mas por alguma razão a administração passada não conseguiu concluir o projeto do Plano Municipal de Arborização.

“Entende-se por arborização urbana toda cobertura vegetal de porte arbóreo existente nas cidades. Essa vegetação ocupa, basicamente, três espaços distintos: as áreas livres de uso público e potencialmente coletivas, as áreas livres particulares e as áreas acompanhando o sistema viário. Através do Plano, é possível conhecer as espécies arbóreas do município e com isso propor medidas necessárias para melhoria da arborização urbana, especialmente aquelas ao lado do sistema viário e nas calçadas”, explica o vereador.

Em outro requerimento, também destinado à Prefeitura, Pedralli sugere que seja reduzido o percentual que embasa a cobrança da Contribuição para Custeio da Iluminação Pública no município. De acordo com ele, em 2015 o então governo municipal enviou projeto para ser apreciado pela Câmara, o qual aumentou o percentual de cobrança da contribuição, acompanhando os aumentos das tarifas decretadas pelos governos federal e estadual.

“Na época, o fato gerou grande questionamento e insatisfação da comunidade. Porém, aquele momento já passou e inclusive a situação hoje é diferente, com a diminuição das tarifas de energia elétrica. Sendo assim, este vereador entende ser possível promover uma redução no valor a ser cobrado da população pela taxa de iluminação pública, sem gerar prejuízo aos cofres municipais”, prevê o vereador.

Já em um terceiro requerimento, ele cobra justificativas e solução por parte da Copel para acabar com as constantes quedas de energia elétrica registradas pelos produtores rurais em Esquina Guaíra e nas linhas São Cristóvão e Maracanã. “É preciso encontrar uma solução imediata para o problema que gera, inclusive, transtornos e prejuízos financeiros aos produtores rurais”, conclui.

MAIS NOTÍCIAS DA CÂMARA
17/04/2018 às 17:29
Medida atenderá área de saúde e setor de máquinas
17/04/2018 às 17:00
Ele sugere instalação de rotatória ou semáforo no local
17/04/2018 às 16:48
Ele ainda sugere projeto de recape asfáltico para o bairro
17/04/2018 às 16:25
Falta de luvas descartáveis teria impedido atendimentos
17/04/2018 às 16:14
Solicitação já havia sido feita no mês de março
17/04/2018 às 16:05
Pedido será encaminhado a senadores e deputados
17/04/2018 às 15:57
Moradores reclamam de animais peçonhentos
11/04/2018 às 14:48
Projeto de lei é de autoria do vereador Nilson Hachmann
10/04/2018 às 16:17
Ele sugere cascalhamento e compactação na via
10/04/2018 às 16:03
Situação atual é motivo de queixa dos moradores