Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2018

Pedralli quer agilidade na elaboração do Plano Municipal de Arborização

Vereador também propõe redução da taxa de iluminação pública em Marechal Rondon

Marechal Cândido Rondon

| 14/02/2017 | 12:41 | Assessoria
Pedralli quer agilidade na elaboração do Plano Municipal de Arborização | Marechal Cândido Rondon
Josoé Pedralli | Foto: Cristiano Viteck

O vereador Josoé Pedralli voltou a cobrar o governo rondonense para que elabore com brevidade o Plano Municipal de Arborização, para que o mesmo possa ser discutido com a comunidade e, então, apreciado e votado pelo Poder Legislativo. O pedido consta em requerimento do vereador, apresentado na sessão da Câmara nesta segunda-feira (13).

Pedralli lembra que o mesmo pedido já havia sido feito por ele em 2014 e 2016, mas por alguma razão a administração passada não conseguiu concluir o projeto do Plano Municipal de Arborização.

“Entende-se por arborização urbana toda cobertura vegetal de porte arbóreo existente nas cidades. Essa vegetação ocupa, basicamente, três espaços distintos: as áreas livres de uso público e potencialmente coletivas, as áreas livres particulares e as áreas acompanhando o sistema viário. Através do Plano, é possível conhecer as espécies arbóreas do município e com isso propor medidas necessárias para melhoria da arborização urbana, especialmente aquelas ao lado do sistema viário e nas calçadas”, explica o vereador.

Em outro requerimento, também destinado à Prefeitura, Pedralli sugere que seja reduzido o percentual que embasa a cobrança da Contribuição para Custeio da Iluminação Pública no município. De acordo com ele, em 2015 o então governo municipal enviou projeto para ser apreciado pela Câmara, o qual aumentou o percentual de cobrança da contribuição, acompanhando os aumentos das tarifas decretadas pelos governos federal e estadual.

“Na época, o fato gerou grande questionamento e insatisfação da comunidade. Porém, aquele momento já passou e inclusive a situação hoje é diferente, com a diminuição das tarifas de energia elétrica. Sendo assim, este vereador entende ser possível promover uma redução no valor a ser cobrado da população pela taxa de iluminação pública, sem gerar prejuízo aos cofres municipais”, prevê o vereador.

Já em um terceiro requerimento, ele cobra justificativas e solução por parte da Copel para acabar com as constantes quedas de energia elétrica registradas pelos produtores rurais em Esquina Guaíra e nas linhas São Cristóvão e Maracanã. “É preciso encontrar uma solução imediata para o problema que gera, inclusive, transtornos e prejuízos financeiros aos produtores rurais”, conclui.

MAIS NOTÍCIAS DA CÂMARA
19/10/2018 às 09:03
Salas estariam com mais alunos do que é permitido
10/10/2018 às 09:46
Concessões serão definidas por processo licitatório
09/10/2018 às 13:18
Motoristas trafegam em alta velocidade no local
09/10/2018 às 13:00
Vias têm buracos que dificultam o trânsito
09/10/2018 às 12:48
Ele questiona se lista de beneficiados já está definida
09/10/2018 às 12:37
Local é utilizado por crianças e adultos do distrito
09/10/2018 às 12:27
Indicação é dos vereadores Adelar, Backes e Claudinho
09/10/2018 às 11:59
Instalações elétricas não suportam os aparelhos
09/10/2018 às 11:45
Objetivo é contemplar a Avenida Rio Grande do Sul
09/10/2018 às 11:26
Buracos aumentam riscos de acidentes naquela região
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL