Terça-Feira, 16 de Outubro de 2018

Pohl vai fiscalizar cumprimento de horário dos médicos na Unidade de Saúde 24 Horas

Ele solicita informações detalhadas sobre os profissionais que atendem no local

Marechal Cândido Rondon

| 15/03/2017 | 07:41 | Assessoria
Pohl vai fiscalizar cumprimento de horário dos médicos na Unidade de Saúde 24 Horas | Marechal Cândido Rondon
Ronaldo Pohl | Foto: Cristiano Viteck

Com o objetivo de melhor poder fiscalizar o atendimento prestado na Unidade de Saúde 24 Horas, o vereador rondonense Ronaldo Pohl solicita à Prefeitura que encaminhe ao Poder Legislativo informações sobre a carga horária e a escala de plantões dos médicos que atendem no local.

O vereador solicita que seja informado o número de médicos disponíveis, as respectivas especialidades, número de procedimentos que cada um atende semanalmente e a comprovação de cumprimento da carga horária obrigatória de cada profissional. Também deve ser esclarecido se ainda existem médicos contratados, sem vínculo estável com o município, atendendo na Unidade de Saúde 24 Horas.

Em outro requerimento, Pohl pede ao Poder Executivo que intensifique a fiscalização sobre as empresas de manutenção veicular de “fundo de quintal”, que operam sem as devidas licenças. De acordo com a legislação ambiental e em consonância com a legislação municipal, o funcionamento de empresas de reparação automotiva – como oficinas mecânicas, chapeações, lava-jatos, etc. –, devem ter sua operação condicionada às exigências legais e licenças atinentes a cada atividade.

“A operação de empresas deste ramo sem a devida adequação estrutural e sem o amparo legal pode oferecer riscos ao meio ambiente, além de ocasionar prejuízos à arrecadação do município. Com a fiscalização, queremos oferecer a devida segurança à população, bem como a orientação necessária aos empresários do ramo que se encontram na informalidade para que, se assim desejarem, legalizem suas atividades”, explica o vereador.

Por fim, em indicação, ele pede à Prefeitura que conserte o sistema de climatização do Centro de Eventos Werner Wanderer. Segundo Pohl, a falta de funcionamento deste equipamento causa transtornos durante a realização de eventos, como a Feira Ponta de Estoque, ocorrida no último domingo (12).

O vereador cita que em 2010 o sistema de climatização foi adquirido pelo município e instalado ao custo de R$ 70,5 mil. “É inadmissível que em tão pouco tempo o equipamento já não tenha mais condições de funcionar”, argumenta Pohl.

MAIS NOTÍCIAS DA CÂMARA
10/10/2018 às 09:46
Concessões serão definidas por processo licitatório
09/10/2018 às 13:18
Motoristas trafegam em alta velocidade no local
09/10/2018 às 13:00
Vias têm buracos que dificultam o trânsito
09/10/2018 às 12:48
Ele questiona se lista de beneficiados já está definida
09/10/2018 às 12:37
Local é utilizado por crianças e adultos do distrito
09/10/2018 às 12:27
Indicação é dos vereadores Adelar, Backes e Claudinho
09/10/2018 às 11:59
Instalações elétricas não suportam os aparelhos
09/10/2018 às 11:45
Objetivo é contemplar a Avenida Rio Grande do Sul
09/10/2018 às 11:26
Buracos aumentam riscos de acidentes naquela região
09/10/2018 às 11:20
Ele ainda sugere melhorias no trânsito da cidade
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL