Domingo, 22 de Abril de 2018

Projeto visa autorizar convênio entre Saae e Associação Beneficente Cristo

Objetivo é possibilitar doações através da fatura de água

Marechal Cândido Rondon

| 25/10/2017 | 13:08 | Assessoria
Projeto visa autorizar convênio entre Saae e Associação Beneficente Cristo | Marechal Cândido Rondon
Projeto lido em sessão | Foto: Cristiano Viteck

Está em tramitação na Câmara de Marechal Cândido Rondon o projeto de lei 53/2017, de autoria do Poder Executivo Municipal. A matéria trata da formalização de convênio entre o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) e a Associação Beneficente Cristo (Abec). A intenção é permitir a arrecadação, nas faturas de água e esgoto, de valores oriundos de contribuições voluntárias destinadas à associação, que é de utilidade pública municipal e estadual.

Segundo justificativa ao projeto apresentada pelo prefeito Marcio Rauber, existe autorização legislativa genérica para que o Saae possa promover a arrecadação de valores de contribuições voluntárias em prol de entidades educacionais, assistenciais e filantrópicas. Assim, o projeto 53/2017 pretende disciplinar adequadamente a questão em relação à Abec.

A matéria foi lida em plenário na sessão do Poder Legislativo de segunda-feira (23) e baixada para análise da Comissão de Justiça e Redação. Após o parecer, o projeto deve ser votado pelos vereadores.

MAIS NOTÍCIAS DA CÂMARA
17/04/2018 às 17:29
Medida atenderá área de saúde e setor de máquinas
17/04/2018 às 17:00
Ele sugere instalação de rotatória ou semáforo no local
17/04/2018 às 16:48
Ele ainda sugere projeto de recape asfáltico para o bairro
17/04/2018 às 16:25
Falta de luvas descartáveis teria impedido atendimentos
17/04/2018 às 16:14
Solicitação já havia sido feita no mês de março
17/04/2018 às 16:05
Pedido será encaminhado a senadores e deputados
17/04/2018 às 15:57
Moradores reclamam de animais peçonhentos
11/04/2018 às 14:48
Projeto de lei é de autoria do vereador Nilson Hachmann
10/04/2018 às 16:17
Ele sugere cascalhamento e compactação na via
10/04/2018 às 16:03
Situação atual é motivo de queixa dos moradores