Porque a minha empresa precisa ter um site? Veja as respostas
 
Sábado, 15 de Junho de 2019 Fale Conosco Redação: (45) 9.9800-7080

Após apagões, Maduro demite ministro de Energia

Mundo | 02/04/2019 | 10:43 |
| Fotos: Notícias ao Minuto |
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, exonerou na noite de ontem (1) o ministro de Energia Elétrica, Luis Motta Domínguez. A medida foi adotada devido à série de apagões que atingem o país.

O especialista em energia Igor Gavidia assumirá o posto, assim como a Presidência da companhia elétrica estatal Corporación Eléctrica Nacional (Corpoelec).

Maduro assinou ainda um decreto que cria o "estado-maior elétrico", liderado pela vice Delcy Rodríguez e pelo ministro do Interior e da Justiça, Néstor Reverol, que deverão buscar soluções para a crise energética. No domingo, Maduro tinha anunciado um plano de 30 dias para tentar resolver os apagões.

Com isso, a jornada de trabalho em toda a Venezuela será encerrada às 14h locais, todos os dias. As aulas estão suspensas e haverá racionamento de energia.

Maduro acusa a oposição e países estrangeiros de "sabotarem" o sistema elétrico e provocarem os apagões. Mais de 50 países não reconhecem mais a autoridade de Maduro na Venezuela, considerando-o uma espécie de ditador. Essas nações, incluindo Estados Unidos e Brasil, apoiam o opositor Juan Guaidó, autodeclarado presidente da Venezuela, e pedem a convocação de novas eleições.

No entanto, Maduro ainda conta com o apoio da maior parte das Forças Armadas, da Rússia e da China.

O vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), Diosdado Cabello, anunciou para 6 de abril uma manifestação nacional de apoio a Maduro, "em defesa da soberania e contra o imperialismo".

O protesto coincidirá com um ato já convocado por Guaidó e pela oposição em toda a Venezuela. A manifestação de Guaidó foi batizada de "Operação Liberdade". (ANSA)

PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL