Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019

Após “bate-grade” na cadeia rondonense 10 presos que se intitulavam do PCC são transferidos

Marechal Cândido Rondon

| 15/05/2019 | 22:33 | O Presente
Após “bate-grade” na cadeia rondonense 10 presos que se intitulavam do PCC são transferidos <br> | Marechal Cândido Rondon
| Foto: O Presente/Divulgação
PUBLICIDADE
Grande movimentação policial foi registrada nesta quarta-feira (15) na Cadeia Pública de Marechal Cândido Rondon.

Desde as primeiras horas do dia um pente-fino foi realizado nas celas e diversos objetos foram apreendidos, entre eles 21 celulares, aparelhos eletrônicos, buchas de maconha e ferros usados nas tentativas de fugas dos detentos.

Na ocasião, dois buracos que serviriam de rota de fuga para os presos foram fechados. As aberturas estavam sendo feitas na ala “Casão”, palco de outras fugas já registradas na cadeia rondonense.

A operação “bate-grade” na carceragem contou com agentes da Seção de Operações Especiais (SOE) do Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen), Polícia Civil e agentes penitenciários da cadeia rondonense.

Os trabalhos se estenderam ao longo do dia e foram encerrados no meio da tarde. A finalização das ações culminou ainda com a transferência de dez detentos para a Penitenciária Estadual de Cascavel (PEC).

Conforme a direção da cadeira, os presos transferidos se intitulavam membros do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa que aterroriza presídios por todo o país.

Além do efetivo policial do SOE, a transferência contou com apoio dos militares do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron).

Quer receber as notícias mais importantes de Marechal no WhatsApp? Clique aqui

EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL