Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018

As 24 cidades fantasma mais estranhas, sombrias e trágicas do mundo

Aqui estão imagens de algumas das cidades fantasma mais incríveis do mundo

#Confira

| 06/09/2017 | 14:36 | Mundo Incrível
As 24 cidades fantasma mais estranhas, sombrias e trágicas do mundo | #Confira
PUBLICIDADE
Não há nada mais assustador do que uma cidade que já foi em tempos próspera e que agora está abandonada e consumida pelos elementos. Aqui estão imagens de algumas das cidades fantasma mais incríveis do mundo.


Quer receber as notícias mais importantes de Marechal no WhatsApp? Clique aqui

Dallol, Etiópia
Este lugar era uma comunidade de mineração de potássio, silvinas e sal, abandonada no final da década de 1960. A maioria dos edifícios foi feita de blocos de sal. Este local mantém o registo da temperatura média mais alta para um local habitado na Terra, com 35ºC (registados entre 1960-66).
Cidade Nova de Kilamba, perto de Luanda, Angola
A cidade foi projetada para abrigar até 500 mil pessoas quando completa e construída pela Corporação de Investimento e Confiança Internacional da China, há alguns anos atrás. Tem 750 blocos coloridos de apartamentos de oito andares, uma dúzia de escolas, shopping centers com cinema, um hotel de cinco estrelas e mais de 100 espaços para lojas. Apenas 220 apartamentos foram vendidos dos primeiros 2800 até Julho de 2012, mas agora a cidade cresce lentamente.
Kolmanskop ou Kolmanskuppe, Namíbia
Kolmanskop foi fundada em 1908, no meio da febre dos diamantes da Namíbia, mas a cidade com um casino, um hospital e uma escola foi abandonada logo após a Primeira Guerra Mundial, quando as vendas de diamantes caíram.
Tawergha, Líbia
A cidade foi esvaziada pela milícia do Conselho Nacional de Transição da Líbia em Outubro de 2011. Tawergha tinha uma população de 24.223 em 2006.
Pyramiden, uma comunidade russa de mineiros de carvão, Svalbard, Noruega
Foi fundada pela Suécia em 1910, mas foi vendida à URSS em 1927. Fechada em 199, mas está intacta. Desde 2007, o proprietário Trust Arktikugol vem renovando o hotel e há visitas guiadas disponíveis.
Oradour-sur-Glane, França
A aldeia foi destruída em 1944, quando 642 de seus habitantes, incluindo 205 crianças e 247 mulheres, foram massacrados pelos Waffen-SS em 10 de Junho de 1944. Apenas uma mulher de 47 anos chamada Marguerite Rouffanche sobreviveu. Por ordem de Charles de Gaulle, o lugar foi convertido em um museu e fica ali como uma lembrança da Segunda Guerra Mundial.
Kayaköy, sudoeste Turquia
Esta vila foi construída no local da antiga cidade de Carmylessus em meados do século 18. Era habitada por uma população grega cristã até 1923, quando foi abandonada após uma mudança populacional entre a Grécia e a Turquia. Desde então, é um museu com casas intactas de estilo grego e duas igrejas cristãs gregas.
Pomona, Namíbia
Aqui estava a mina de diamantes mais rica da década de 1910: de acordo com algumas histórias, mais de 1 milhão de quilates foram explorados na zona. Agora, faz parte de uma zona de mineração de diamantes (com acesso restrito) chamada Sperrgebiet.
A vila de Pegrema, República da Carélia, Rússa
Este belo exemplo da arquitetura de madeira foi abandonado após a Revolução Russa.
Äuli, Suíça, construída pelo governo suíço como uma cidade de treinamento militar
Copehill Down, Wiltshire, Inglaterra
É outra aldeia simulada, construída pelo Ministério da Defesa do Reino Unido como uma cópia de uma vila alemã em 1988.
Great Blasket Island, Irlanda
Uma comunidade de pescadores que sobreviveu até 1953, quando a população diminuiu para 22 pessoas e foi abandonada.
Pripyat, Ucrânia
A cidade que recebeu o nome do rio Pripyat, nas proximidades, está completamente deserta, uma cidade fantasma. Todos os 45 mil habitantes foram evacuados alguns dias após o desastre de Chernobyl, em abril de 1986. Possui um parque de diversões que esteve aberto apenas por um par de horas e uma grande estação de trem/comboios nos arredores da cidade.
Pequena Paris ou Tianducheng, perto de Xangai, China
É uma comunidade fechada com uma réplica da Torre Eiffel, algumas casas parisienses e o Champ de Mars. Foi construída em 2007 por uma grande empresa de desenvolvimento imobiliário chinesa. Há espaço suficiente para albergar pelo menos 100.000 pessoas, mas a sua população é apenas um pouco superior a 2000 habitantes.
Casas da cidade de Sanzhi Pod ou “Ruínas do futuro”. Taiwan
O projeto foi abandonado em 1980 devido a perdas de investimentos e acidentes de viação e se transformou em uma das cidades mais assustadoras do mundo. Todas as casas semelhantes a uma nave espacial foram demolidas entre 2008 e 2010.
Residencial Francisco Hernando, em El Quiñón, Espanha.
As 13.500 unidades foram construídas durante o “boom” da construção do início dos anos 2000. Utilitários como linhas de água e gás não foram incluídos nos planos. Alguns dos apartamentos concluídos foram vendidos, mas apenas menos de um terço deles estão ocupados.
Centralia, Pensilvânia
Duas minas de carvão abriram em 1856 e a cidade começou a crescer de forma muito rápida: atingiu a sua população máxima de 2.761 habitantes em 1890, contou com cinco hotéis, sete igrejas, dois teatros, bem como vários mercados. A mineração continuou até ao final da década de 1960, mas depois de ter despoletado um fogo numa mina, a sua população começou a diminuir, apenas lá viviam 10 pessoas em 2010. O fogo continua a queimar no subsolo até aos dias de hoje.
Plymouth, ilha de Montserrat, Pequenas Antilhas, Índias Ocidentais
Um vulcão nas proximidades tornou-se ativo em Julho de 1995 e 1997 e os habitantes foram evacuados.
Fordlândia, Brasil
A cidade industrial pré-fabricada sul-americana de Fordlândia foi estabelecida pelo próprio Henry Ford em 1928, para fornecer borracha para a fábrica de automóveis em vez de comprar borracha britânica. Foi um verdadeiro fracasso, porque as árvores de borracha não sobreviviam nas terras montanhosas e inférteis. Os habitantes foram obrigados a usar distintivos de identificação e a comer alimentos americanos. Em 1930, eles se revoltaram, mas o exército brasileiro veio parar a rebelião.
Bodie, Califórnia
A cidade foi fundada em 1859 perto de uma mina de ouro por um grupo de garimpeiros. Em 1876, a Standard Company descobriu na zona um enorme filão de ouro e Bodie rapidamente passou de um pequeno campo de mineração para uma das maiores cidades da Califórnia, com mais de 2.000 edifícios. Infelizmente, a população da cidade caiu rapidamente após o final da década de 1880. Em 1900 tinha 965 habitantes, e apenas 90 em 1940.
Grytviken, Geórgia do Sul
Estabelecida em 1904 por um capitão do mar da Noruega como uma estação de caça à baleia para a sua empresa de pesca. Foi abandonada em dezembro de 1966, mas a igreja ainda é usada ocasionalmente para casamentos. As pessoas tinham seu próprio cinema (a foto abaixo foi tirada em 1993), mas colapsou há alguns anos:
Chaitén, Chile
A cidade foi evacuada em maio de 2008, quando o vulcão Chaitén entrou em erupção pela primeira vez em mais de 9 mil anos. Uma semana depois, toda a cidade foi inundada.
Distrito de Chenggong , Kunming, Província de Yunnan, China
Apenas menos de 10% dos edifícios estão ocupados.
Döllersheim, Áustria
Esta aldeia de 900 anos e várias outras aldeias vizinhas foram evacuadas pouco depois do Anschluss em 1938 para criar espaço para uma área de treinamento militar da Wehrmacht. Por ordem de Adolf Hitler, apesar de sua própria avó paterna, Maria, ter sido enterrada aqui. Agora, é operada pelas Forças Armadas austríacas.
EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL