Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018

Chapecoense e Atlético Nacional finalmente se enfrentam pela Recopa

Nesta terça-feira, os "irmãos" Chapecoense e Atlético Nacional se encontram, em Chapecó, para a partida de ida da decisão da Recopa Sul-Americana, às 19h15 (de Brasília).

Esporte

| 04/04/2017 | 00:30 | Terra
Chapecoense e Atlético Nacional finalmente se enfrentam pela Recopa | Esporte
PUBLICIDADE
No dia 30 de novembro de 2016, Chapecoense e Atlético Nacional se enfrentariam pela primeira partida da grande final da Copa Sul-Americana. A data, no entanto, ficou marcada por uma das maiores tragédias da história do esporte, que vitimou 71 pessoas, incluindo a delegação da Chape, pilotos e co-pilotos. Após pouco mais de cinco meses, as duas equipes, que criaram grande vínculo entre si, finalmente irão se enfrentar.

Nesta terça-feira, os "irmãos" Chapecoense e Atlético Nacional se encontram, em Chapecó, para a partida de ida da decisão da Recopa Sul-Americana, às 19h15 (de Brasília).

O duelo será recheado de homenagens, que começaram quando o time colombiano aterrissou em Chapecó, na tarde da última segunda. Os atletas do Atlético Nacional foram recebidos com muito carinho pelos torcedores da cidade catarinense, que levaram faixas e cartazes em apoio ao time colombiano. Jogadores e dirigentes também receberam medalhas das mãos de representantes da cidade catarinense. A Chape também se mobilizou, e, no último domingo, adotou um escudo em homenagem ao Atlético, estilizado com as cores da bandeira da Colômbia.

"Nós sabemos o quanto a solidariedade dá força para superar momentos tão difíceis. Colômbia, nossos corações estão com vocês", escreveu a Chape em seu Twitter. A equipe, após a vitória sobre o Figueirense, no último final de semana, adotou uma política de silêncio entre seus jogadores e dirigentes, incluindo os sobreviventes Jackson Follman, Alan Ruschel e Neto.

Após o desastre aéreo às vésperas da primeira partida da final da Copa Sul-Americana, em 2016, o Atlético Nacional, assim como o povo colombiano, se mobilizou e passou a prestar inúmeras homenagens ao clube brasileiro. No dia seguinte a tragédia, dirigentes do Atlético pediram que a Conmebol desse o título de campeão da Sul-Americana a Chapecoense. O pedido foi atendido e o clube brasileiro conquistou o torneio. Agora, o campeão da Sul-Americana e o campeão da Libertadores se enfrentam em uma partida que guarda grandes emoções.

O tão esperado duelo terá casa cheia. Desde o último sábado, os ingressos para a partida na Arena Condá estão esgotados. O clube catarinense pediu para que seus torcedores compareçam com camisas brancas, afim de homenagear os irmãos colombianos.

Desde o fatídico acidente, que vitimou 71 pessoas, a Chapecoense se reestruturou e formou praticamente um novo time. Agora, sob o comando do técnico Vagner Mancini, a equipe segue brigando por títulos na temporada 2017. No Campeonato Catarinense, a Chape ocupa a primeira colocação, com 16 pontos, três a mais que o vice-líder Figueirense. Já pela Libertadores, a primeira que o clube disputa na história, ocupa a lanterna do Grupo 7, com uma vitória e uma derrota, mas, todos os integrantes do grupo somam 3 pontos, ou seja, nada está perdido.

Para o primeiro duelo da final da Recopa, a Chapecoense deve ter em campo o time que vem sendo titular nas últimas partidas. O técnico Vagner Mancini deverá utilizar o que tem de melhor em campo, já que a partida vale o que seria o segundo título internacional da história do clube.

Pelo lado colombiano, o Atlético mantém o bom futebol apresentado em 2016, quando conquistou a Libertadores. Mesmo com um jogo a menos que as principais equipes do Campeonato Colombiano, o Atlético lidera a competição, com 26 pontos, um a mais que o Independiente Medellín, segundo colocado. Pela Liberta, os atuais campeões seguem brigando pelo bicampeonato consecutivo. No Grupo 1, com apenas um jogo realizado, os colombianos ainda não pontuaram, e aparecem na terceira colocação. A próxima partida da equipe é contra o Botafogo, no próximo dia 13 de abril.

O Nacional realizou treino no último domingo em São Paulo, no CT do Corinthians. O técnico Reinaldo Rueda não deu esboços do time que deve entrar em campo na Arena Condá, e comandou trabalho físico para dar melhor ritmo a seus jogadores.

O segundo jogo da final entre Chape e Atlético acontece no próximo dia 10 de maio. A partida, além de definir o campeão da Recopa Sul-Americana de 2017, também marcará a primeira viagem da Chapecoense à Colômbia desde o acidente do ano passado. O jogo acontece em Medellín, no estádio Atanasio Girardot, às 21h45 (de Brasília).

FICHA TÉCNICA 

CHAPECOENSE X ATLÉTICO NACIONAL

Data: 04 de abril de 2017, terça-feira 
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC) 
Horário: 19h15 (de Brasília) 

Quer receber as notícias mais importantes de Marechal no WhatsApp? Clique aqui

EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL