Terça-Feira, 16 de Outubro de 2018

COI inclui basquete 3x3 e BMX freestyle nos Jogos de Tóquio-2020

Além disso, foram incluídos no programa uma série de eventos mistos, como os revezamentos 4 x 100 m medley misto (natação) e 4 x 400 m misto (atletismo) e competições por equipes mistas de judô

Mundo

| 09/06/2017 | 14:19 | Notícias ao Minuto
COI inclui basquete 3x3 e BMX freestyle nos Jogos de Tóquio-2020 | Mundo
PUBLICIDADE

Em reunião realizada nesta sexta-feira (9), o COI (Comitê Olímpico Internacional) aprovou uma série de mudanças no programa olímpico para os Jogos de Tóquio-2020 visando incluir provas de apelo jovem e que ajudem a equiparar o número de mulheres e homens participantes dos Jogos.

Entre as principais novidades estão a inclusão do basquete 3x3 (disputa com apenas três pessoas por time jogando em meia quadra) e do BMX Freestyle Park (competição de manobras em bicicleta). Além disso, foram incluídos no programa uma série de eventos mistos, como os revezamentos 4 x 100 m medley misto (natação) e 4 x 400 m misto (atletismo) e competições por equipes mistas de judô, tiro com arco e esgrima.

Em modalidades que tinham mais eventos masculinos que femininos (como boxe, canoagem, levantamento de peso e tiro) disputas masculinas foram retiradas do programa olímpico e provas femininas foram incluídas para que fosse alcançada a equiparação entre os sexos.

"A decisão de hoje [sexta] é um passo significante na direção de alcançar o balanço de 50% na participação por gêneros nos Jogos Olímpicos, tanto em número de atletas como número de eventos, como está claramente declarado na Agenda Olímpica 2020", afirmou o COI em comunicado.

A inclusão irá aumentar para 321 o número de eventos olímpicos (eram 306 no Rio). Se forem incluídas as medalhas distribuídas para as modalidades que começarão a ser disputadas em Tóquio (surfe, skate, escalada, caratê, beisebol e softbol) o número de eventos sobe para 339.

JOGOS ENXUTOS

A inclusão dessas novas modalidades, no entanto, não deve resultar em um aumento significativo no número de atletas que participarão dos Jogos. Isso porque o COI anunciou também uma revisão do número de vagas por modalidade.

A maior diminuição aconteceu no atletismo, que terá 105 atletas classificados a menos a partir dos Jogos de 2020. A próxima Olimpíada também terá 22 nadadores a menos.

Levantamento de peso (com 64 atletas a menos) e lutas (com 56 atletas a menos) também tiveram baixa significativa no número de participantes. Nesses casos, o intuito foi de equiparar o número de homens e mulheres classificados para os Jogos.

No total, os esportes que já faziam parte do programa olímpico terão 285 esportistas a menos para que sejam acomodados 474 atletas das novas modalidades olímpicas. Resultando em um incremento de 189 atletas nos Jogos. Com informações da Folhapress.


Quer receber as notícias mais importantes de Marechal no WhatsApp? Clique aqui

EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL