Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2018

Em duelo emocionante, Santos derrota o Furacão em Curitiba

Peixe começou perdendo, mas reagiu e conseguiu importante vitória (3 a 2) nas oitavas da Libertadores

#Esporte

| 06/07/2017 | 09:57 | A Tribuna de Santos
Em duelo emocionante, Santos derrota o Furacão em Curitiba | #Esporte
| Foto: Catve
PUBLICIDADE

O Santos conquistou um grande resultado no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores nesta quarta (5) à noite, ao vencer o Atlético-PR por 3 a 2, no estádio Durival de Brito, em Curitiba. Para avançar às quartas de final, a equipe de Levir Culpi pode até perder por um gol de diferença (1 a 0 ou 2 a 1) no jogo de volta, marcado para o dia 10 de agosto, às 21h45, na Vila Belmiro.

O resultado acabou com uma série de três jogos sem vitória do Alvinegro (uma derrota e um empate no Brasileirão e uma derrota na Copa do Brasil) e manteve a invencibilidade do time na competição. Agora são quatro vitórias e três empates do único invicto na Libertadores 2017.

A equipe volta a campo no domingo (9), às 19 horas, na Vila Belmiro, contra o São Paulo, pela 12ª rodada do Campeono Brasileiro.

O jogo
Aproveitando as brechas na marcação santista, o Atlético-PR abriu o placar logo aos 6 minutos. Sem marcação, Sidcley foi lançado na lateral esquerda e cruzou para o meio da área. Lucho González furou, mas Nikão, que passou pelas categorias de base do Santos, acertou um tiro forte, de fora da área, para vencer Vanderlei.

Dois minutos depois, novo susto para o Santos. Em cobrança de falta para a área, o zagueiro Thiago Heleno subiu mais alto do que Renato e cabeceou, mas a bola saiu por cima do travessão.

Sem criatividade, o Santos demorou a levar perigo ao gol atleticano. E quando chegou, foi para empatar o jogo, aos 25 minutos, em boa jogada iniciada por Copete no campo de defesa.

O colombiano se livrou da marcação e lançou Jean Mota na esquerda. O meia improvisado acionou Lucas Lima, que deu bela assistência para Kayke. O atacante dominou e avançou rápido pela direita e, ao entrar na área bateu forte, alto, sem chances para Weverton.

Foi o terceiro gol de Kayke sobre o Atlético-PR na temporada. No dia 11 de junho, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o atacante marcou os dois gols na vitória santista por 2 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba, na despedida de Elano como técnico interino.

Após o empate, o jogo ficou aberto, mas foram do Atlético-PR as melhores chances de gol. Aos 34, o volante Otávio cruzou uma bola fechada para a área e Vanderlei deu um tapa para mandar a escanteio.

O rubro-negro paranaense quase voltou à frente do placar, aos 45 minutos. Lucho González avançou pelo meio, se livrou da marcação de Victor Ferraz e bateu rasteiro, no canto direito. Vanderlei se esticou todo para desviar a bola, que ainda bateu na trave antes de sair pela linha de fundo.

Etapa final
O Santos poderia ter virado o jogo logo no primeiro minuto do segundo tempo. Thiago Maia roubou a bola na intermediária ofensiva e acionou Kayke. O atacante santista chutou para grande defesa de Weverton.

O Atlético-PR respondeu aos cinco minutos, num rápido contraataque puxado por Douglas Coutinho, que escapou pela esquerda e bateu cruzado, à esquerda de Vanderlei.

O Santos virou o placar aos 11 minutos, com a colaboração fundamental do goleiro Weverton, titular na campanha da medalha de ouro da Seleção Olímpica na Rio-2016.

Victor Ferraz arriscou um chute de fora da área e apesar da bola ter saído fraca, o arqueiro se atrapalhou na defesa. Bruno Henrique foi mais rápido e completou para o gol.

Aos 23, um golaço santista no Durival de Brito. Lucas Lima fez belo lançamento para Bruno Henrique na esquerda. O atacante deu um drible de efeito sobre o marcador e cruzou para Kayke, que com um toque de letra, marcou o terceiro (o seu segundo na Libertadores 2017).

O rubro-negro diminuiu aos 26, após falha defensiva santista. Em cruzamento para a área, Matheus Rossetto, livre, escorou para Ederson completar para o gol.

O Santos quase fez o quarto aos 32 minutos. Lucas Lima cobrou falta para a área e a bola sobrou para Bruno Henrique, que bateu cruzado, mas a bola bateu na zaga e saiu a escanteio.


Quer receber as notícias mais importantes de Marechal no WhatsApp? Clique aqui

EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Há 5 horas | Marechal Cândido Rondon
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL