Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018

Ex-prefeito de Araucária é condenado a 50 anos de prisão

O ex-prefeito, o ex-secretário de Meio Ambiente e o articulador dos delitos estão presos preventivamente

Paraná

| 16/10/2017 | 17:25 | MP PR
Ex-prefeito de Araucária é condenado a 50 anos de prisão | Paraná
| Foto: MP PR
Em sentença proferida nesta segunda-feira (16) o Juízo da Vara Criminal de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, condenou o ex-prefeito Rui Alves de Souza (PTC) a 50 anos de prisão pelos crimes de concussão, organização criminosa, peculato e lavagem de dinheiro. O ex-gestor era vice e assumiu o cargo em 2016, após a renúncia do titular. Também foram condenados quatro ex-secretários (de Finanças, Governo, Meio Ambiente e Obras Públicas e Transportes), o então procurador-geral do Município e o responsável por articular os crimes.

As condenações ocorreram no âmbito da operação "Fim de feira", deflagrada em dezembro de 2016 pelas Promotorias de Justiça de Araucária e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná. A operação investiga crimes praticados contra a administração pública de Araucária.

O ex-prefeito, o ex-secretário de Meio Ambiente e o articulador dos delitos estão presos preventivamente. O ex-secretário de Finanças realizou acordo de delação premiada com o Ministério Público, atuando como colaborador das investigações.
EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES