Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018

Excesso de chuvas faz Itaipu jorrar três Cataratas do Iguaçu por segundo

O vertimento deve continuar nos próximos dias, estando aberto praticamente de forma ininterrupta desde 30 de dezembro.

Rio Paraná

| 14/01/2018 | 09:03 | Assessoria
Excesso de chuvas faz Itaipu jorrar três Cataratas do Iguaçu por segundo | Rio Paraná
| Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A vazão no vertedouro da usina de Itaipu, instalada no Rio Paraná, na fronteira do Brasil com o Paraguai, atingiu neste sábado (13), mais de 4,1 mil metros cúbicos de água por segundo, o equivalente a três vezes o volume médio de água das Cataratas do Iguaçu, no Rio Iguaçu, uma das principais atrações turísticas do Brasil.

Mesmo produzindo bastante, com 3.818.299 de megawatts-hora (MWh) já acumulados em janeiro, 8,4% mais que os 3.520.377 MWh gerados no mesmo período de 2017, a usina binacional está precisando verter por causa do excesso de chuvas na Bacia do Rio Paraná, acima da hidrelétrica, e também na área do reservatório. 

Em alta
Não há previsão de alagamentos nas áreas ribeirinhas, a jusante (abaixo) da usina, no momento. Itaipu está utilizando toda a água que chega para produzir energia, e só verte quando não é possível este aproveitamento.

Um dos principais fatores que favorecem o aumento da produção de Itaipu, além da situação hidrológica favorável, é a retomada do crescimento da economia no Brasil, que gera maior demanda por eletricidade, principalmente do setor industrial.

O vertimento deve continuar nos próximos dias, estando aberto praticamente de forma ininterrupta desde 30 de dezembro. 


Quer receber as notícias mais importantes de Marechal no WhatsApp? Clique aqui

EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL