Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018

Itaipu quebra o recorde anual de visitação em 2017

Número abrange duas modalidades de visitas: a institucional e a turística

Foz do Iguaçu

| 30/12/2017 | 08:34 | Assessoria
Itaipu quebra o recorde anual de visitação em 2017 | Foz do Iguaçu
| Foto: Catve
A dois dias do fim do ano, a Itaipu Binacional alcançou mais uma marca histórica: 957.486 visitantes passaram pelos atrativos turísticos da usina em 2017, superando o recorde anual, de 2016, que era de 955.397 pessoas. O número abrange as duas modalidades de visitas, institucional e turística, com entradas pelas margens brasileira e paraguaia registradas até esta sexta-feira (29). O novo recorde será consolidado após a contabilização das visitas até o último dia do ano, neste domingo (31).

"Além de 2017 ter sido um bom ano para o turismo nacional, intensificamos a promoção da marca Itaipu Turismo, tanto no contexto nacional como no internacional, refletindo em ações para a divulgação do atrativo, o que certamente impactou positivamente neste resultado", avalia o gestor do turismo na Itaipu e assistente da Diretoria Geral Brasileira, Alexandre Pacheco.

Entre essas ações, Pacheco destaca o lançamento do Passaporte 3 Maravilhas, que permite a compra de entrada para a Itaipu, Cataratas do Iguaçu e Marco das Três Fronteiras, três dos principais atrativos da cidade, de uma só vez, com descontos e vantagens.

"Em um ano de recuperação para muitos setores da economia, a Itaipu, com mais este recorde, agradece à equipe que tão bem trabalha no atendimento aos visitantes e também ao próprio turista, que cada vez mais nos orgulha com a sua presença e traz benefícios diretos para região", ressalta Pacheco.

Como visitar

As visitas à usina de Itaipu começaram há 41 anos, durante as obras de construção da hidrelétrica. Desde então, mais de 20 milhões de pessoas de todo o mundo já tiveram a oportunidade de conhecer os diversos atrativos do Complexo Turístico Itaipu (CTI) e deslumbrar-se com a grandiosidade da maior geradora de energia limpa e renovável do planeta. Atualmente, há dois tipos de visitas pela margem brasileira: a institucional/técnico-científica e a turística. Todas partem do Centro de Recepção de Visitantes (CRV), na Avenida Tancredo Neves, 6702, em Foz do Iguaçu (PR).

Administrada pela Divisão de Relações Públicas da Itaipu, a visita institucional/técnico-científica é gratuita e voltada a autoridades, grupos de estudantes, professores, pesquisadores e representantes de escolas, universidades, órgãos públicos e entidades diversas. Deve ser previamente agendada e está sujeita à disponibilidade de atendimento. Mais informações pelos telefones (45) 3520-6988 e 3520-6985 ou pelo e-mail rp@itaipu.gov.br.

As visitas turísticas são gerenciadas pela Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI). Para garantir o melhor atendimento possível e a busca constante de satisfação dos visitantes, a partir de 2007 foi adotada a cobrança de entrada. Os recursos obtidos com a venda dos ingressos são usados para a operação e manutenção do CTI, o que garante empregos diretos e indiretos para cerca de 250 pessoas. Parte também é destinada ao Fundo Iguaçu, que promove e divulga o turismo na região.

Entre as diversas opções de passeio estão o Circuito Especial, a Visita Panorâmica, o Ecomuseu, a Iluminação da Barragem, o Polo Astronômico, o Kattamaram e o Refúgio Biológico Bela Vista.

Informações sobre cada um dos passeios, preços, horários e reservas podem ser obtidas pelo telefone 0800 645 4645 ou no site www.turismoitaipu.com.br.

Gratuidade

Os moradores dos municípios lindeiros ao Lago de Itaipu e ao Parque Nacional do Iguaçu podem acessar gratuitamente cinco atrativos: Visita Panorâmica, Ecomuseu, Refúgio Biológico, Polo Astronômico e Iluminação da Barragem. Além disso, têm direito a 50% de desconto no estacionamento do CRV e nos ingressos ao Circuito Especial e Kattamaram.

As cidades que fazem parte da política de descontos são Capanema, Capitão Leônidas Marques, Céu Azul, Diamante do Oeste, Entre Rios do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Itaipulândia, Lindoeste, Marechal Cândido Rondon, Matelândia, Medianeira, Mercedes, Missal, Pato Bragado, Ramilândia, Santa Helena, Santa Lúcia, Santa Tereza do Oeste, Santa Terezinha de Itaipu, São José das Palmeiras, São Miguel do Iguaçu, Serranópolis do Iguaçu, Terra Roxa, Vera Cruz do Oeste.

Moradores das cidades de Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul; Puerto Iguazu, Puerto Libertad, Puerto Esperanza e Wanda, na Argentina; e Ciudad del Este, Presidente Franco, Minga Guazú e Hernandárias, no Paraguai, também têm direito aos passeios gratuitos e aos descontos.

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,5 bilhões de MWh. Em 2016, a usina retomou a liderança mundial em geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh gerados. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de 17% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 76% do Paraguai.
EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Há 2 minutos | Santa Terezinha de Itaipu
Há 57 minutos | Foz do Iguaçu
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES