Sábado, 21 de Julho de 2018

Judoca rondonense integra seleção paranaense

A seletiva paranaense para o Campeonato Brasileiro de Judô da Região V foi realizada em Laranjeiras do Sul, no último sábado (...

Marechal Cândido Rondon

| 21/03/2017 | 11:15 | Assessoria
Judoca rondonense integra seleção paranaense | Marechal Cândido Rondon
Everton Sampaio já está convocado e integrará a seleção estadual no Campeonato Brasileiro da Região V em Caxias do Sul – RS
RECOMENDAMOS
A seletiva paranaense para o Campeonato Brasileiro de Judô da Região V foi realizada em Laranjeiras do Sul, no último sábado (18). A competição reunirá os estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A seletiva estadual reuniu mais de 600 atletas de 85 associações de judô paranaenses, que visavam conquistar a vaga para o Campeonato Brasileiro. Na grande maioria das idades, apenas os campeões de cada categoria de peso garantiram a vaga na seleção estadual.

O Judô de Marechal Rondon esteve representado pela Associação Fujiyama e conquistou três medalhas: Prata com Everton Sampaio, vice-campeão na classe sub-18, categoria meio-pesado até 90 Kg; Prata com Ana Luiza Rabaiolli Hobold, vice-campeã na classe sub-13, categoria ligeiro até 31 Kg; e Bronze com João Eduardo Storch de Lima, na classe sub-18, categoria médio até 81 Kg.

Com estes resultados, Everton Sampaio já está convocado e integrará a seleção estadual no Campeonato Brasileiro da Região V em Caxias do Sul – RS, no início do mês de maio. Ana Luiza está como 1ª reserva da Seleção Paranaense em sua categoria. 

Ainda nesta semana a Comissão Técnica da Federação Paranaense de Judô escolherá mais 04 atletas reservas (vice-campeões) desta faixa etária para compor a Seleção Estadual. Sendo assim, ainda existe uma possibilidade desta atleta ser convocada.

O professor Edilson Hobold, responsável pelo judô rondonense, enfatiza que esta seletiva foi muito disputada tecnicamente, o que mostra e valoriza ainda mais as conquistas dos rondonenses. Competir com atletas de grandes centros como Curitiba, Maringá, Londrina, Ponta Grossa, Guarapuava e Cascavel, entre outros, é sempre um grande desafio, uma vez que esses atletas possuem uma melhor infraestrutura e um número muito mais expressivo de material humano para treinamento. “Sendo assim, conquistar uma vaga na Seleção Paranaense é a realização de um grande sonho”, destaca Edilson.
VEJA MAIS SOBRE Marechal Cândido Rondon
EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Há 3 horas | FIQUE POR DENTRO!
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES