Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018

Novo Firefox: vai ser mais difícil rastrear usuários

Novidade teria sido inspirada no navegador Tor, utilizado nas navegações anônimas pelos visitantes da deep web

#Tecnologia

| 06/11/2017 | 23:36 | Notícias ao Minuto
Novo Firefox: vai ser mais difícil rastrear usuários | #Tecnologia
PUBLICIDADE

Embora muitos usuários desconheçam a ferramenta “canvas fingerprinting”, através dela os internautas podem ser identificados pela web, mesmo aqueles que acessam as páginas em modo incógnito. O que o novo Firefox promete é tornar mais difícil que as pessoas sejam seguidas através desse recurso, que é baseado em uma sequência enorme de microconfigurações do navegador (ainda que o usuário não tenha concordado em instalar nenhum cookie), segundo o site Olhar Digital.

Tal recurso vai ser finalmente removido nas futuras atualizações do Firefox, conforme anunciado pela fundação sem fins lucrativos Mozilla.

A novidade, que visa garantir uma maior privacidade para os internautas, teria sido inspirada no navegador Tor, utilizado nas navegações anônimas pelos visitantes da "deep web" (ou por aqueles que não desejam ser identificados pela web comum), com base no código-fonte criado pela Mozilla.

Quem não deve apreciar a novidade são os anunciantes, já que a forma que o navegador até então funcionava facilitava que os mesmos seguissem os usuários com anúncios em todos os sites que eles acessassem. A próxima versão do Firefox com a atualização sem o recurso de “canvas fingerprinting” deve estar disponível em janeiro de 2018.


Quer receber as notícias mais importantes de Marechal no WhatsApp? Clique aqui

EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL