Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2019 Fale Conosco Redação: (45) 9.9801-2350

O segredo da criatividade ou como Paul McCartney compôs ‘Yesterday’ depois de um sonho

CRIATIVIDADE | 11/08/2019 | 22:50 |
O neurocientista Mariano Sigman explica a associação entre a imaginação e o sonho | Fotos: Arte/Reprodução/Divulgação |
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como fazer para que tenhamos ideias criativas que estão difíceis de encontrar, mas que uma vez encontradas parecem óbvias, magníficas, claras, poderosas? Isto é, como fazer para ser criativo? Vamos começar com um aviso necessário: não há uma fórmula universal de criatividade, mesmo que muitos digam que exista. Há alguns elementos que, embora não asseguram a criatividade, a fazem bem mais provável. E neste vídeo nos ocuparemos de um deles, um que fará muito feliz aos militantes da preguiça: o sonho. Enquanto dormimos, o cérebro nem se apaga nem trabalha de forma reduzida. Ao contrário, funciona totalmente consumindo quase tanta energia do que quando se está desperto. E muitas histórias sugerem que o sonho é de fato uma usina criativa. Talvez a mais extraordinária seja a de Paul McCartney que conta que acordou de um sonho com uma melodia. Apressado, para não a esquecê-la, pôs uma letra sobre uns ovos mexidos e só um tempo depois, escreveu a letra que hoje todos conhecemos: Yesterday. A que talvez seja a canção mais famosa do século XX, nasceu em um sonho.

Com El País

 

Assista o vídeo:

PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL
Siga nosso Insta e veja notícias em tempo real.