Quarta-Feira, 20 de Fevereiro de 2019

Projeto de Educação Financeira da Escola Municipal será apresentado à ONU

A iniciativa foi da administração municipal em parceria com a Itaipu Binacional

Pato Bragado

| 17/07/2018 | 10:07 | Assessoria
Projeto de Educação Financeira da Escola Municipal será apresentado à ONU | Pato Bragado
| Foto: Marii Koehler
PUBLICIDADE

O projeto Educação Financeira, desenvolvido desde o início do ano pelos estudantes e professores das turmas de quinto ano e uma do quarto ano da Escola Municipal Marechal Deodoro de Pato Bragado será apresentado à Organização das Nações Unidas (ONU). 

Aplicado de forma interdisciplinar pelos professores Márcia Coutinho Manenti, Kátia Cótica, Maicon Putzke, Marcelo André Dill e Andreia Kunzler, com coordenação e assessoria Pedagógica de Carine Schmidtke e Clarice Klein, o projeto é baseado nas orientações e bibliografias do especialista em finanças, Altemir Farinhas e se propõe a encontrar meios legais e honestos para os alunos adquirirem e pouparem dinheiro, como também o de saberem investir, preocupando-se em fazer um planejamento, auxiliarem no controle das finanças familiares e de se sensibilizarem com o próximo. 

A coordenadora Pedagógica, Carine Schmidtke explica que foram desenvolvidas atividades teóricas e práticas para que os alunos passem a utilizar o dinheiro da melhor maneira, seguindo três princípios básicos: ganhar, administrar e investir. O envolvimento dos pais nas atividades, segundo ela, também faz desse aprendizado uma lição de casa, na qual todos se beneficiam com o controle de suas finanças.

APRENDER E EMPREENDER

Para que os alunos aprendessem e empreendessem de forma divertida, a representante dos professores, Márcia Coutinho conta que foram dedicadas algumas aulas para falar sobre o assunto, inclusive com realização de um planejamento financeiro familiar com cada aluno que resultou em práticas como a campanha solidária e cooperativa de coleta e venda de latinhas e lacres de alumínio que será revertida à aquisição de uma cadeira de rodas, “Poupando Luz” e a “Prática do Escambo” que consistem na feira de troca de práticas divertidas, econômicas e ecológicas, sendo que o projeto engloba ainda visita e palestra em instituição financeira, confecção de cofrinhos, visitas a cooperativa de reciclagem, realização de depósitos recorrentes, a partir da venda de latinhas à cooperativa de reciclagem do município, palestras sobre a importância de economizar energia elétrica e equilíbrio financeiro, práticas do escambo na escola, além de passeio de estudos para Foz do Iguaçu”, detalha.

A professora afirma que seguindo as orientações do especialista em Finanças, Altemir Farinhas, a dica é mostrar aos alunos que as transformações em sua vida começam a acontecer a partir da sua mudança de atitude. “É preciso chorar menos, reclamar menos, agir mais e ver como as pessoas e a vida nos tratarão muito melhor. É preciso dominar o dinheiro e não se deixar dominar por ele”, conclui.

A iniciativa partiu da administração municipal em parceria com a Itaipu Binacional que prestou a capacitação e realizou a cobertura jornalística do projeto para a ONU. 


Quer receber as notícias mais importantes de Marechal no WhatsApp? Clique aqui

VEJA MAIS SOBRE Pato Bragado
EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL