Quarta-Feira, 17 de Outubro de 2018

Saiba quais são os empregos com os piores e melhores salários no Paraná

Em termos reais, já descontada a inflação no período medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), o salário do Paraná cresceu 15,4%.

#Salário

| 07/11/2017 | 13:51 | Bem Paraná
Saiba quais são os empregos com os piores e melhores salários no Paraná | #Salário
| Foto: Bem Paraná
PUBLICIDADE

O salário médio no Paraná aumentou 72,8% em seis anos, a maior variação da região Sul e Sudeste do País. O valor, que era de R$ 1.586,16 em dezembro de 2010, passou para R$ 2.741,51 em dezembro do ano passado. Em termos reais, já descontada a inflação no período medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), o salário do Paraná cresceu 15,4%.

Os dados, que constam na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgada pelo Ministério do Trabalho, apontam ainda que o setor de serviços industriais de utilidade pública (Siup), como energia elétrica, água e saneamento, é aquele com a melhor remuneração no Estado, com média de R$ 5.783,99. Em seguida aparecem as instituições financeiras (R$ 5.511,18) e o setor de ensino (R$ 4.655,35).

Esses dois últimos segmentos, inclusive, foram os que mais ajudaram a puxar a média salarial do Estado para cima, pois aumentaram tanto a remuneração quanto o estoque de empregos. No ensino, o salário pago teve alta de 75,8% entre 2010 e 2016, enquanto o número de trabalhadores formais cresceu 23,9%, passando de 101,7 mil para 126.03. Já nas empresas de crédito e capitalização, o estoque cresceu 15%, chegando a 54,4 mil, enquanto a remuneração teve reajuste de 51,1%.

Já na outra ponta estão os setores de calçados, têxtil e agricultura, com média salarial de R$ 1.670,14, R$ 1.680,33 e R$ 1.810,38, respectivamente, como as piores médias de remunaeração no Paraná. Por outro lado, a indústria têxtil e a agropecuária foram os setores que mais reajustaram salários no Paraná no período.

Entre 2010 e 2016, o maior crescimento foi na indústria têxtil, do vestuário e artefatos de tecidos, com variação salarial de 88,7%, de R$ 890,58 para R$ 1.680,33. Em segundo lugar ficou a indústria química de produtos farmacêuticos e veterinários, com reajuste de 87%, de R$ 1.731,40 para R$ 3.238,02. Na agropecuária, houve aumento de 82,1% - a terceira maior variação, de R$ 994,16 para R$ 1.810,39.

A pesquisa refere-se ao mercado formal de trabalho e abrange tanto os salários pagos pela iniciativa privada quanto pela administração pública. O levantamento mostra que a remuneração no Paraná cresceu acima da média brasileira. No País, o salário médio teve avanço de 63,8%, de R$ 1.742,62 para R$ 2.852 – reajuste real de 9,3%. No Paraná, foi de 72,8%.

Quem melhor paga no Paraná (média em R$)Serviços industriais de utilidade pública 5.783,99Instituições de crédito, seguro e capitalização 5.511,18Ensino             4.655,35Indústria do material de transporte 4.582,94Administração pública direta e autárquica 4.216,62 

Quem pior paga no Paraná (média em R$)Indústria de calçados 1.670,14Indústria têxtIl do vestuário e artefatos de tecidos 1.680,33Agricultura, silvicultura, criação de animais 1.810,39Comércio varejista 1.811,40Serviços de alojamento, alimentação, reparação, manutenção 1.867,20

Com informações 


Quer receber as notícias mais importantes de Marechal no WhatsApp? Clique aqui

EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Há 2 horas | Foz do Iguaçu
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL