Sábado, 25 de Maio de 2019

Suspeito de matar a ex-companheira em Guarapuava é preso; homem tinha fugido de caminhonete após o crime

Guarapuava

| 17/04/2019 | 08:22 | G1
Suspeito de matar a ex-companheira em Guarapuava é preso; homem tinha fugido de caminhonete após o crime | Guarapuava
| Foto: PRF/Divulgação
PUBLICIDADE

O homem suspeito de ter matado a ex-companheira em Guarapuava, na região central do Paraná, foi preso em Tijucas do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite de terça-feira (16), de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O crime aconteceu na noite de segunda-feira (15). Conforme a Polícia Militar (PM), o suspeito matou Universina de Abreu na casa onde ela morava e, depois, fugiu em uma caminhonete.

O homem de 46 anos estava dirigindo a caminhonete na BR-376 quando foi abordado pelos policiais rodoviários. A PRF informou que ele seguia em direção a Santa Catarina, tendo a cidade de Gaspar como destino.

Como a equipe da PRF tinha a descrição do veículo do suspeito, foi feita a abordagem logo que a caminhonete foi vista na rodovia, por volta das 19h30.

O homem estava acompanhado de uma mulher de 24 anos e, segundo a PRF, os dois foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de São José dos Pinhais, também na Região Metropolitana da capital paranaense.

Feminicídio

Universina de Abreu tinha 45 anos e foi atingida com tiros na região do tórax e na cabeça. O caso está sendo tratado como feminicídio e investigado pela Delegacia da Mulher de Guarapuava.

De acordo com a Delegacia da Mulher, não havia medida protetiva em relação à vítima.


Quer receber as notícias mais importantes de Marechal no WhatsApp? Clique aqui

EM DESTAQUE
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ENTRETENIMENTO E VARIEDADES
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL