Segunda-feira, 25/03/2018 - cap. 163

Pilatos pede para levarem Jesus até Antipas. O filho de Herodes pede que O devolvam a Pilatos. O governador romano manda o povo escolher libertar Jesus ou Barrabás. O povo decide libertar Barrabás.


Terça-feira, 26/03/2018 - cap. 164

Barrabás é libertado e Pilatos manda açoitarem Jesus e depois liberta-Lo. Maria fica angustiada. Caius debocha de Jesus. Judas é atormentado pelo Satanás. Lázaro diz que o Filho de Deus os preparou para este momento. Jesus é açoitado. Pedro, atormentado, chora muito. O Satanás diz que Judas merece morrer. Petronius é surpreendido com a chegada de Maria Madalena. Ela pede para o centurião ajudar Jesus. Cláudia pede para Pilatos continuar tentando salvar a vida do Messias. Satanás vê o estado de Jesus e tenta fazê-Lo desistir. Pedro pede perdão a Deus. Judas se suicida. Helena fica feliz ao rever Judas Tadeu. Tiago apoia Deborah. Tadeu diz para Helena que Jesus vai voltar. Zelote fica indignado ao ver Barrabás comemorando. Deborah reencontra seu filho. Zelote discute com Barrabás. Petronius pede para os soldados pararem de açoitar Jesus.


Quarta-feira, 27/03/2018 - cap. 165

Deborah se emociona com o reencontro. Pedro se enche de tristeza ao ver a mesa da Santa Ceia vazia. Maria recebe notícias do Filho. Caius e os outros soldados empurram e debocham de Jesus. Pedro e André mostram arrependimento. Os oficiais romanos cravam uma coroa de espinhos na cabeça do Messias. Marta fica angustiada sem ter notícias. Pilatos lava as mãos e diz que é inocente do sangue de Jesus. Helena diz que não podem crucificar Jesus. Kesiah se recusa a conversar com Longinus e lhe acerta um tapa no rosto. Em conversa com Arimatéia, Pilatos diz ter tentado salvar o Messias. Antipas diz que precisa voltar para Tiberíades e chama Temina. Jonathan avisa sobre a morte de Judas. Os apóstolos comentam sobre ele. Anás e Caifás se mostram satisfeitos. Natanael e Tiago Maior se recordam de momentos com Jesus. Maria segura na mão de João e avisa que começou. Um homem trabalha na fabricação de pregos. Outro rapaz trabalha na construção de uma cruz. Maria Madalena se enche de tristeza.


Quinta-feira, 28/03/2018 - cap. 166

Dimas e Gestas são pregados na cruz. Caifás recupera a moeda que deu a Judas. | Judá se arrepende de não ter vivido mais com o Irmão. Antipas deixa o palácio. Petronius pergunta a Pilatos sobre o que escrever na cruz de Jesus. Crucificados, Dimas se mostra arrependido, enquanto Gestas fica com raiva. Ferido e com a coroa de espinhos, Jesus começa a carregar sua cruz. Maria Madalena se desespera ao ver algumas pessoas jogando legumes no Messias. Ao ver o estado de seu Filho carregando a cruz, Maria sente uma profunda angústia.


Sexta-feira, 29/03/2018 - cap. 167

Jesus segue na Via Crucis levando chibatadas. Satanás tenta fazê-Lo desistir. Ele segue com a cruz e avista uma mulher pobre e sofrida com uma pomba na mão. Ela olha para o Messias, emocionada, abre as mãos e a ave voa. A mulher encara Jesus e chora, silenciosamente. Uma gota de sangue desce pela testa de Jesus. Ele segue carregando a cruz pesada, mas, exausto, cai no chão, fraco e sofrido. O Filho de Deus vê um homem trazendo um cordeiro. Logo em seguida, Satanás acaricia o animal e tenta fazer com que Jesus desista. Maria sofre ao ver o estado de seu Filho. O Messias passa por algumas pessoas que Ele curou. Preocupados, Shabaka e Susana deixam a hospedaria. João tenta ajudar Jesus, mas é ameaçado por Caius. O Messias começa a levar pedradas. Shabaka e Susana ficam horrorizados. Sara, Cornélius e Zebedeu se lembram dos milagres feitos pelo Filho de Deus. Ao ver a exaustão de Jesus, Petronius ordena que Simão de Cirene O ajude a carregar a cruz. Judas Tadeu chora ao lembrar do Mestre. Petronius permite que Maria se aproxime e ela ajoelha diante de seu Filho. Dimas e Gestas veem a aproximação do Messias. Mais uma vez Satanás tenta fazer com que Jesus desista, mas Ele se mantém firme e observa o soldado pegando os pregos para a crucificação. Bartimeu descobre que Jesus será crucificado e percebe a finalidade dos pregos que fabrica. Os soldados romanos rasgam as vestes de Jesus. Aflita, Joana deixa o palácio. O Filho de Deus é colocado deitado em cima da cruz. Caifás e Anás observam, satisfeitos. Tiago Justo retorna com Deborah e se preocupa com o que Edissa tem a dizer. Jesus começa a ser pregado na cruz.