Segunda-Feira, 23 de Setembro de 2019 Fale Conosco Redação: (45) 9.9801-2350

Claudinho e Ronaldo Pohl propõem o fim do voto secreto na Câmara de Vereadores

FIM DO VOTO SECRETO | 05/09/2019 | 11:35 |
| Fotos: Cristiano Viteck |
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na sessão da última segunda-feira (02), os vereadores aprovaram requerimento de autoria de Claudio Kohler (Claudinho) e Ronaldo Pohl  que  solicita a autorização e apoio para elaboração de projetos de emenda à Lei Orgânica e de resolução, visando acabar com o voto secreto em votações da Câmara de Marechal Cândido Rondon, tanto para cassação de mandado de vereador e prefeito, como para vetos a projetos de lei e de lei complementar.

Este é um anseio de toda comunidade. A transparência dos atos públicos não deve estar adstrita apenas aos discursos, mas também na prática, na hora das votações. E o primeiro passo é justamente promover as alterações devidas, tanto na Lei Orgânica Municipal quanto no Regimento Interno desta Casa de Leis”, afirmam os vereadores.

O vereador Walmor Mergener também assinou o requerimento.

Transparência

Ao Portal Rondon o vereador presidente Claudinho disse que apesar de ser uma convicção pessoal dele de que os votos na Câmara sejam abertos, segundo ele, o clamor popular deve ser ouvido.

É um dever nosso para com a sociedade rondonense, ser cada vez mais transparente em nossos atos. O fim do voto secreto é só um passo em direção daquilo que a sociedade almeja de nós.” enfatizou Claudinho, “Nós temos um compromisso com a verdade e com o cidadão e vamos fazer muito mais nesse sentido, porque isso é um compromisso pessoal que eu tenho para com o povo rondonense, completou o Presidente da Câmara.

Ronaldo Pohl, também falou ao Portal Rondon. Para o edil é uma vergonha que o vereador, ou qualquer outro político, possa se esconder atrás do voto secreto. Aqueles que foram eleitos pelo povo, devem antes de qualquer coisa, serem honestos em seus atos e transparentes em suas ações”, disse. 

O que nós estamos propondo com o fim do voto secreto, além de correto, vai de encontro ao que a sociedade quer daqueles que lhes representam e nós vamos honrar o compromisso que temos com o povo rondonense”, completou Pohl.

Esta mudança passou a ser bastante cobrada pela população após as votações dos três processos de cassação de mandatos de vereadores, realizadas recentemente pela Câmara. Embora a Mesa Diretiva da Casa de Leis tenha determinado que a votação fosse aberta, a Justiça determinou que fosse mantida a votação secreta, conforme previsto no Regimento Interno em vigor, cuja última atualização ocorreu em 2005.

Fim do voto secreto

A partir de agora, segundo os vereadores Claudinho e Ronaldo Pohl, serão apresentados projetos de emenda à Lei Orgânica e de resolução que regulamentarão, conforme a lei, as votações, tanto para cassação de mandado de vereador e prefeito, como para vetos a projetos de lei e de lei complementar, para que os vereadores possam votar abertamente em todas as matérias legislativas.

 

Da Redação com Assessoria
PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL